http://projetodraft.com/o-que-e-transmidia-para-que-serve-tem-futuro-uma-conversa-com-sergio-lopes-da-conteudos-diversos/

Publicado originalmente em Hipermediaciones:

Esta historia comienza hace cinco años, cuando a principios del 2008 salió publicado L’Homo Videoludens. Videojocs, textualitat i narrativa interactiva dentro de la colección Media-TK de Eumo Editorial. El volumen presentaba trabajos de varios investigadores que se movían entre la ludología, la semiótica y la narratología aplicada a los videojuegos. Los autores provenían de varios países y ese espíritu internacional se reflejaba en sus páginas: el libro contenía capítulos en catalán, castellano e inglés. Si bien ya se habían editado libros sobre videojuegos (sobre todo de carácter histórico), en su momento este volumen fue una de las primeras contribuciones de gran calado teórico producidas en España sobre los videojuegos.

L’Homo Videoludens tuvo una distribución más bien limitada y sólo los investigadores y especialistas en el tema compraron el volumen. No voy a negarlo: me hubiera gustado que el texto tuviera una difusión más amplia. Por otra parte, un par…

Ver original 1.520 mais palavras

Publicado originalmente em Spcine:

Ampliação do público, desenvolvimento econômico e valorização da qualidade e diversidade do cinema paulista. A Spcine – Empresa de Cinema e Audiovisual de São Paulo lança as primeiras linhas de seu Programa de Investimento em parceria com o programa Brasil de Todas as Telas, gerido pela Agência Nacional do Cinema – ANCINE com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual. Nesta primeira fase serão destinados R$ 20 milhões para a produção e distribuição de longas-metragens. Em junho, serão investidos R$ 10 milhões na produção independente para TV, completando o acordo de R$ 30 milhões assinado durante a inauguração da empresa.

Estas ações constituem o primeiro passo do plano da Spcine para 2015-2016. Novas ações estão previstas para este ano e terão foco em desenvolvimento de roteiro, circuito de salas, parcerias internacionais, eventos estratégicos do setor, curta-metragem, apoio à film commission, entre outras importantes frentes.

“Este montante de recursos sem precedentes…

Ver original 1.600 mais palavras

Publicado originalmente em Papo de Pista:

O técnico Aristides Junqueira, o Tide, que completa 66 anos em maio, tem muitos anos de trabalho no atletismo brasileiro e no Clube BM&FBOVESPA. E agora pode comemorar a medalha de ouro ganha por seu atleta, Mauro Vinícius Hilário da Silva, o Duda, no salto em distância. Tide, além de técnico de atletismo, é poeta, gosto que traz do Internato Dom Bosco, de Monte Aprazível, e dos treinos para fazer acrósticos, com o professor de português Benedito Duarte Libanio, que incentivava a leitura entre os alunos e criou a olimpíada interna da escola. O gosto pela poesia e a música também vem de casa, da mãe, Tarsília Lopes Junqueira.

Tide já tinha avisado que Duda poderia saltar entre 8,20 e 8,30 m no Mundial. Acertou! Duda saltou 8,28 m, melhor marca do mundo no ano, nas qualificatórias, e depois 8,23 m, na final, para ganhar o terceiro ouro do Brasil…

Ver original 159 mais palavras

Publicado originalmente em Design @ Your Service:

* Coluna da Consumidor Moderno – Maio/15

Para quem não conhece o South by Southwest, SXSW, ou “SouthBy” como tratam os assíduos, é um evento anual que toma conta da cidade de Austin no Texas e envolve três pilares principais: musica, filme e interação.
Esse ano estive por lá com a equipe da Eise (Escola de Inovação em Serviços) e conferimos de perto essa maratona que chega a ter 70 trilhas concorrendo ao mesmo tempo pela sua atenção em um mesmo horário.
Alguns dizem que o SXSW é o novo “Cannes”. Eu torço pra que nunca se torne. O motivo é simples: a sua natureza crua e informal e a diversidade de contextos e público cria uma sopa de ideias e ideais como nunca vi em evento algum.
Para você ter ideia eu tive a oportunidade de assistir um jogador da NFL falando sobre alta performance, Dana White e Ronda…

Ver original 371 mais palavras

Publicado originalmente em smartcitizenscc:

City_Wiki_Espacios_Publicos_01

¿Qué es CityWiki? ¿Cómo surge la idea?

En el verano de 2006, en el servidor propio de la red UGR se instala la aplicación MediaWiki de la Fundación Wikimedia y, a modo de ampliación inmaterial del espacio físico, nace Citywiki. Una ciudad que se construye abierta y colectivamente mientras reconfigura -día a día- su concepción y percepción. Esta distinta implementación de la plataforma wiki ha permitido contar con un laboratorio avanzado desde la que transitar la irrupción de la sociedad red en la formación específica del arquitecto.

Ver original 235 mais palavras

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.